fbpx

O que é um planograma?

Você já deve ter se perguntado o que é um planograma e quais são os benefícios de ter um planograma na sua loja, não é mesmo? Nesse artigo vou explicar de forma bem simples como ele é construído e os principais benefícios para sua empresa.

O primeiro ponto que você precisa saber é que o planograma pode ser aplicado em: supermercados, farmácias, lojas de conveniência, material de construção e muitos outros segmentos do varejo, ou seja, não é apenas para supermercados, como muita gente imagina.

Vamos começar explicando o que é um planograma.

Planograma é basicamente uma fotografia da exposição dos produtos, porém uma fotografia gráfica conforme você vê abaixo, note que temos as frentes dos produtos em suas respectivas prateleiras e módulos do corredor.

Falando tecnicamente: planograma é a representação gráfica da disposição dos produtos no ponto de venda, ou seja, planograma é uma ferramenta que detalha minuciosamente o espaço que deve ser ocupado pelos itens de uma categoria na gôndola. Quando bem feito, ele colabora no aumento das vendas e rentabilidade da sua loja.

Hoje, a maioria dos varejistas expõe os produtos pelo feeling ou no achismo, o que é um erro grave, já que exposição de produtos é uma ciência: cada categoria, marca e produto deve passar por uma análise criteriosa na hora de ser colocada no ponto de venda.

A exposição de produtos deve sempre ter como foco o Shopper: ele deve ser os centros das decisões. Mas, o que é shopper?

O shopper é quem realiza a compra, decide o que e quanto levar, interage com o vendedor e vai no PDV, ele é influenciado pelo ambiente da loja: o Shooper necessariamente nem sempre é o consumidor.

Agora que já entendemos o que é o planograma e que ele deve focar no shooper, vamos falar quais são as variáveis que devem ser utilizadas nessa análise. É importante que você entenda que o planograma será a aplicação visual da sua estratégia de gerenciamento de categoria. Os principais critérios que influenciam na exposição dos produtos e na geração do planograma são:

Margem: os produtos mais rentáveis precisam ter um melhor destaque nas prateleiras.

Volume de vendas em quantidade: itens que mais vendem precisam de mais espaço, afinal a exposição também deve ter foco em melhorar sua operação.

Venda em R$: nem sempre maior volume em quantidade, significa mais volume financeiro.

Se o produto é uma novidade: produtos novos precisam de um posicionamento diferente nos primeiros 45 dias. Você sabia que mais de 70% dos produtos novos que são descontinuados nas lojas, têm problemas na exposição inicial?

Negociações de espaço: muitas vezes os varejistas negociam espaço e share de gôndola com a indústria, isso deve ser colocado no planograma e, acima de tudo, deve-se analisar se essa negociação é realmente benéfica para o shooper.

Fluxo de loja: como o cliente anda em sua loja é outro ponto que precisa ser analisado na hora de expor os produtos.

Tipo de mobiliário: o tipo de mobiliário que está sendo usado tem forte influência na hora da exposição.

Perfil do cliente: quem é o seu público? Qual sua classe social? Quais são as principais categorias? Essas perguntas precisam ser respondidas para uma melhor exposição e estratégia.

Dados de mercado: qual o share de mercado de cada item dentro da categoria? Quais categorias estão em crescimento no mercado? Quais hábitos estão mudando e como as categorias irão se comportar? Antecipar essas mudanças e ter essas informações é vital para apresentar mais assertividade e deixar o shopper bem atendido.

Árvore de decisão de compra: árvore de decisão é o nome dado para a ordem de importância entre os critérios utilizados pelo shopper para realizar suas escolhas no PDV, ou seja, como ele compra cada produto. Em cada categoria, ele utiliza critérios diferentes para decidir sua compra, como: marca, preço, versão, tamanho etc.

Entender a árvore de decisão é fundamental para construir a sua estrutura mercadológica, pois sua estrutura de cadastro de produtos precisa seguir o modelo de compra do shopper.

Essa informação atualmente está mais centralizada na indústria, por isso a colaboração entre varejo e indústria se faz tão necessária.

Outro ponto importante: não existe fórmula pronta, cada ponto de venda deve ter planogramas gerados com base em suas estratégias e dados, por isso não adianta pegar algo pronto na internet e achar que vai funcionar no seu negócio, cada loja tem seus dados e suas variáveis.

.       

POR QUE TER PLANOGRAMA NA MINHA EMPRESA?

São muitos os benefícios de se utilizar um planograma na sua loja:

– Melhora significativa nas margens;

– Maior venda por grupo de produtos;

– Aumenta o ticket médio;

– Reduz o nível de ruptura;

– Aumenta o giro dos produtos de curva C;

– Facilita a jornada de compra do Shopper;

– Maior parceria com a indústria;

– Facilita a revisão de mix;

– Melhora gestão de compras;

– Estratégia da empresa aplicada no PDV;

– Melhor giro de ofertas;

– Melhora a apresentação da loja;

– Facilita a operação e reposição.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE LAYOUT E PLANOGRAMA?

Muita gente confunde, mas são coisas bem diferentes, porém são complementares.

Layout de loja, nada mais é do que a disposição dos corredores e setores dentro da loja.  Levando isso para dentro do supermercado, layout seria onde devem ficar os matinais, os biscoitos, as bebidas, dentro das bebidas, por sua vez, o local onde fica o vinho, a cerveja e o refrigerante.

Basicamente é olhar sua loja de cima, analisar o fluxo dos clientes, montar uma estratégia e distribuir essas categorias de forma que o shopper percorra toda a loja durante a sua jornada de compra.

O foco é aquecer toda a loja, ou seja, fazer o shopper percorrer todas as categorias durante a compra, assim suas chances de fazê-lo comprar mais são maiores, aumentando o ticket médio.

O ideal é fazer uma análise completa do seu layout, junto com a aplicação do planograma.

NÃO CONFUNDA PLANOGRAMA COM GERENCIAMENTO DE CATEGORIA!

O gerenciamento de categoria é uma metodologia que tem por objetivo definir as categorias de produtos com foco nas diferentes necessidades e desejos dos consumidores e shoppers.

O planograma representa 15% de todo o processo do GC, portanto trata-se de uma ferramenta relevante na hora de detalhar qual item entra em cada espaço da prateleira, ou seja, ele é ferramenta que será usada para manter toda a estratégia montada no gerenciamento de categoria.

Porém, um Gerenciamento de Categorias terá grandes chances de sucesso se o planograma for bem pensado e executado, afinal toda a sua estratégia de GC deve ser aplicada no planograma.

QUE TAL GERAR UM PLANOGRAMA DE FORMA AUTOMÁTICA?

Agora que você já sabe o que é planograma, te convido para conhecer nossa ferramenta que é uma das mais completas do mercado: ela funciona da seguinte maneira:

Conectamos a ferramenta no seu ERP, para ter acesso aos dados de venda, mix, estrutura mercadológica e curvas de preço e venda.

Após esse processo você envia fotos de todos os módulos, que serão colocadas no sistema: o sistema calcula as medidas e o número de prateleiras de forma automática.

Após fazer o upload dessas informações, o sistema puxa diversos dados de mercado pelo CEP do ponto de venda, levando em conta publico-alvo e estratégia previamente alinhada, lembrando que todas as negociações de espaço que você tem com a indústria também são colocadas no sistema.

PRONTO! Você recebe diretamente no sistema os planograma prontos e estrategicamente montados para serem aplicados por sua equipe de loja.

Acreditamos tanto no planograma gerado que você recebe, em contrato, uma garantia de crescimento de venda e margem.

Todos os planograma são 100% visuais com imagens e você não precisa tirar fotos dos produtos, temos o maior banco de imagens do Brasil: seu foco é só aplicar o planograma e colher os resultados, inclusive, o sistema administra seu cartão de metas fazendo os ajustes necessários para crescer venda e margem constantemente.

Nosso sistema possui uma tela de ruptura integrada com o seu comercial, a ruptura pode ser medida através do planograma, com comunicação de estoque e falta de produtos em tempo real.

Acesse nosso site: www.webjasper.com.br/sistema-planograma e solicite uma apresentação.

 

6 comentários no “O que é um planograma?”

  1. Adalberto Lopes Rodrigues

    Estou assumindo a gerência de um atacarejo preciso melhorar o planogramas e layout

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × um =